Preço da gasolina em PG cai R$ 1,99 em 45 dias

Valor médio de R$ 7,34 pago pelo litro, no dia 20 de junho, caiu para R$ 5,35 no dia 5 de agosto, o que representa uma retração de 27,1%. Valor médio em Guarapuava é de R$ 4,89

A diminuição se deu principalmente por conta da redução de impostos estaduais (ICMS) e duas baixas anunciadas pela Petrobras
A diminuição se deu principalmente por conta da redução de impostos estaduais (ICMS) e duas baixas anunciadas pela Petrobras -

Fernando Rogala

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O preço médio da gasolina em Ponta Grossa caiu 27,1% no período de um mês e meio. No último levantamento registrado pelo Setor de Combustível da Receita Estadual do Paraná, registrado no dia 5 de agosto, o valor médio do combustível na cidade é de R$ 5,35. Levantamento feito pelo Portal aRede na penúltima semana de junho, no dia 20, após o último anúncio de reajuste por parte da Petrobras (em 17 de junho), apontou que o valor médio da gasolina nos postos era de R$ 7,34. Isso significa que no período de 45 dias, ou seja, em um mês e meio, a redução foi de R$ 1,99 no litro.

A diminuição se deu principalmente por conta da redução de impostos estaduais (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo. O Paraná foi um dos primeiros do País a adotar essa redução. Além disso, a Petrobras anunciou duas reduções nos preços no final de julho, que totalizaram uma redução de R$ 0,35 nas refinarias..

Em âmbito estadual, desde o início do mês de julho, o valor médio do litro da gasolina comum no Paraná teve queda de 24,19%, de R$ 7,32 a R$ 5,55. As maiores quedas foram em Londrina (-29,77%), de R$ 7,39 para R$ 5,19; em Curitiba (-24,76%), de R$ 7,15 para R$ 5,38; e Guarapuava (-21%), de R$ 6,19 para R$ 4,89. Os dados foram coletados pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), no aplicativo Menor Preço. No período do início de julho a 5 de agosto, a redução em Ponta Grossa foi de -18,32%, ao cair de R$ 6,55 para R$ 5,35.

Outras cidades tiveram redução significativa, entre elas, Paranaguá (-20,03%), de R$ 6,49 para R$ 5,19; Cascavel (-19,72%), de R$ 6,49 para R$ 5,21; Maringá (-19,11%), de R$ 6,49 para R$ 5,25; Foz do Iguaçu (-17,38%), de R$ 6,50 para R$ 5,37 e União da Vitória (-16,64%), de R$ 6,55 para R$ 5,46.

MÉDIA NACIONAL

O Paraná está na lista dos menores preços do País. O preço médio de revenda foi de R$ 5,66 apenas considerando julho, conforme mostram os dados da Síntese Semanal do Comportamento dos Preços dos Combustíveis, da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O número é menor que o valor médio nacional, de R$ 5,74 por litro. Em Santa Catarina, estado vizinho, de acordo com o balanço nacional, o preço fechou em R$ 5,68.

Conteúdo de marca

Quero divulgar right