PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Ministério da Saúde admite ineficácia do ‘kit-covid’

Cotidiano

14 de julho de 2021 14:38

Rodolpho Bowens


Relacionadas

PR receberá R$ 930 mi para investir em projetos ambientais

Assembleia vota pela criação do Departamento de Polícia Penal

CPI pedirá indiciamento de Bolsonaro, Onyx e Queiroga

87% das cidades do PR vacinam adolescentes sem comorbidade
Noite de gala assinala os 11 anos de existência do 4º CRPM
Ratinho apresenta Paraná a fundos soberanos de Abu Dhabi
Crianças órfãs pela Covid-19 recebem apoio do Estado
Documento do Ministério foi enviado para a CPI da Pandemia. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil
PUBLICIDADE

Em Ponta Grossa, a Câmara Municipal (CMPG) promulgou um projeto de lei que indica o ‘kit’ para um possível tratamento do coronavírus

O Ministério da Saúde (MS) enviou um parecer para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia admitindo que a hidroxicloroquina, assim como os demais medicamentos utilizados no chamado ‘kit-covid’, são ineficazes contra o coronavírus. De acordo com a nota encaminhada, o remédio mencionado acima, além da cloroquina, azitromicina e ivermectina, não apresentaram benefícios clínicos contra o vírus.

Um dos defensores do chamado tratamento precoce é o chefe do Executivo, presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido). Mesmo após diversos órgãos de saúde, mundialmente reconhecidos, não recomendarem os medicamentos, Bolsonaro se posiciona, publicamente, favorável aos remédios.

Em Ponta Grossa, a Câmara Municipal (CMPG) promulgou um projeto de lei que indica os medicamentos para um possível tratamento da covid-19 – mais informações clique aqui.

Com informações: Metrópoles.


Assuntos semelhantes:

PT e PCdoB entram na Justiça contra kit-covid em PG.

Elizabeth não se posiciona e kit-covid é promulgado pela CMPG.

Dr. Zeca diz que receitará remédios do kit-covid.

PUBLICIDADE

Recomendados