Rangel garante que isolamento social vai continuar em PG

Ponta Grossa

25 de março de 2020 11:30

Da Redação


Relacionadas

Indústria irá investir R$ 5 milhões em Ponta Grossa

Problema afeta o abastecimento de água em PG

Assinatura de compra de imóvel é feita 100% online em PG

Acipg apoia Prefeitura em ações de combate à Covid-19
PG tem 56 casos descartados de coronavírus
Delegado explica detalhes sobre boletim de Rangel
Morre Alício Martins, o homem do bolo de 'Porvilho'
PUBLICIDADE

Prefeito usou seu perfil no Facebook para garantir que decretos continuam em vigor, apesar do discurso do presidente Jair Bolsonaro

Depois do pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em rede nacional, em que ele critica o fechamento de escolas e do comércio, ataca a imprensa e os governadores e minimiza os riscos da pandemia de coronavírus, várias lideranças políticas usaram as redes sociais para se manifestarem. O prefeito Marcelo Rangel divulgou um vídeo no começo da manhã desta quarta-feira (25) para, sem citar diretamente o discurso do presidente, garantir que o isolamento social em Ponta Grossa vai continuar.

“Os maiores especialistas do mundo falam que isso tem tempo para acabar. Por isso minha decisão é convicta, porque estudei e acompanhei tudo que está acontecendo no mundo, não é decisão de pessoa leiga”, declarou, ao confirmar que todos os decretos estabelecendo fechamento de escolas, comércio e serviços não essenciais serão mantidos, além da redução dos horários dos ônibus e a orientação para que a população permaneça em casa.

“Ponta Grossa vai se manter dessa maneira, pedindo a você: fique em casa, cuide dos seus pais, avós, filhos. Tire esses momentos para refletir. Se você é religioso, ore, reze. Se você não é, confie na ciência. Mas não exponha seus entes queridos e outras pessoas (…) Dinheiro pode ir, ficam as vidas”, acrescentou o prefeito.

Saiba mais:

Bolsonaro critica fechamento de escolas e ataca governadores

Lideranças da região criticam discurso de Bolsonaro

Aliel chama discurso de Bolsonaro de “desastroso”

Em vídeo, Pauliki defende isolamento e pede ações do governo

PUBLICIDADE

Recomendados